sábado, 20 de agosto de 2016

HO'OPONOPONO

Conheci essa técnica de cura há muuuuitos anos. Ela já faz parte do meu dia a dia, uso para limpar memórias antigas....de vidas passadas, e também, aquele pensamento/sentimento que insiste em ficar rondando. Resultados? Como toda a cura, necessitamos da transformação interior, e a medida qua vamos praticando ho'oponopono, tudo vai ficando mais claro....mais leve...mais tranquilo.
SINTO MUITO.....ME PERDOE....TE AMO....SOU GRATA.

Amor e Gratidão!
Fátima




O Ho'oponopono é um antigo método de cura e resolução de problemas criado no Havaí por seus antigos povos.  

Em Havaiano, Hoo significa “causa”, e ponopono quer dizer “perfeição”, portanto Ho’oponopono significa “corrigir um erro” ou “tornar certo”.

Apesar de parecer simples, explicar o Ho'oponopono exige compreendermos o seu entendimento de ser humano e mundo. 

Para o Ho'oponopono o que ocorre no mundo externo é um reflexo do que temos de perfeito e imperfeito dentro de nós. Portanto, estamos todos conectados de uma forma tão instríseca que a minha doença torna-se uma doença para o outro, assim como a minha cura torna-se a cura para o outro e vice-versa. 

O que carregamos dentro de nós mesmos é resultado de experiências e aprendizados que tivemos no início de nossas vidas, quando éramos crianças. São memórias que carregamos ao longo de nossas vidas e que se transformam em bloqueios que precisam ser "limpos". 

Estes bloqueios são inconscientes. Não sabemos que eles existem e não sabemos o que os causou. Portanto, praticar o Ho'oponopono significa entrar em contato com esse inconsciente de uma forma profunda, limpando memórias através de uma prática de entrega. 

Nas palavras de Morrnah Nalamaku Simeona, "o Ho’oponopono é um dom profundo que nos permite desenvolver um relacionamento funcional com a Divindade interior e aprender a pedir que, em cada momento, os nossos erros de pensamento, palavras, feitos ou ações sejam purificados."

Simeona foi Mestre Principal do Ho’oponopono, criadora do Ho’oponopono da Identidade Própria e nomeada um Tesouro Vivo do Parado do Havaí em 1983.

Portanto, apesar de não termos consciência das memórias, elas ainda assim, podem ser limpas. 

"O processo diz essencialmente respeito à liberdade, à completa liberdade em relação ao passado."

Este é um aspecto essencial e maravilhoso do Ho'oponopono. Libertarmos do passado significa ressignificar o que é difícil em nossas vidas e assumir uma responsabilidade consciente do que fazemos, estabelecendo onde queremos chegar e como. 

Conhecer e praticar o Ho'oponopono nos traz para o presente e nos permite ter consciência da luz que somos. 

Sua meditação consiste em focar no problema que temos (financeiro, de relacionamento etc.) e meditar as seguintes frases:

eu sinto muito...
me perdoe...
eu te amo....
sou grato....

Essas frases tem o poder de trazer luz para nossa Divindade Interior. E essa luz atua em nossas memórias que são entregues à Divindade que as limpa, curando nossos problemas e curando os problemas externos. 

A experiência do médico Hew Len relatada por Joe Vitale no livro Limite Zero  demonstra isso claramente. Dr. Len foi capaz de curar toda uma ala de pacientes perigosos em um hospital psiquiátrico realizando o Ho'oponopono nele mesmo. Ou seja, curando o que havia nele que causava as doenças de seus pacientes, Dr. Len curou toda a ala e ainda melhorou a qualidade vida de todos que trabalhavam no hospital.

Dr. Hen continou fazendo o mesmo para todos os pacientes que chegavam até ele. Ele questionava a Divindade sobre o que nele próprio causava o problema em outra pessoa. Ele conseguia receber a resposta e, a partir daí, atuava para que o paciente se curasse.  

Acredito plenamente que todos nós somos capazes de ouvir nossa Divindade se nos dispusermos a isso. Normalmente nossos pensamentos estão ocupados por dúvidas, temores e crenças limitantes que nos impedem de ouvir o que nossa Divindade tem a nos dizer. 

As sugestões do Manifesto Ho'oponopono por uma vida extraordinária traz algumas ações que acreditamos ajudar a limpar a mente para que essa escuta fique mais ativa e, portanto, as meditações possam ser feitas de forma mais eficaz. 

Experimentá-las é um ato de amor a si próprio. É um ato de confiança na nossa capacidade de sermos o que já sabemos que somos - luz e amor - mas que resistimos tanto a acreditar. 

Fonte: 
http://hooponoponoanjos.wixsite.com/healers/single-post/2015/12/17/Hooponopono



Nenhum comentário:

Postar um comentário