sábado, 2 de julho de 2016

DIGA SIM...


Dizer sim para você é dizer sim para a vida, para o fluxo, para o universo. Acreditar em seu potencial, nas suas faculdades mentais e nos dons que somente você possui, e com bastante determinação buscar atingir os seus objetivos e vontades mais íntimas, é dar oportunidade para que a existência atue em você e através de você.
Você veio para este planeta com uma missão, com um contrato de alma. A missão de todos que encarnam aqui é a de semear a luz e de ajudar os que aqui estão à recordarem da sua memória cósmica e das leis universais que regem todos os universos. Em paralelo a isso você está tendo a oportunidade de resolver questões pendentes com outros irmãos espirituais que, em algum lugar do passado, ficaram pendentes. Essa é a causa das adversidades de relacionamentos que você vem passando neste momento e, por isso, deve ser vista como uma dádiva, e não como algo ruim ou algum castigo divino.
Ao longo da sua vida ocorreu um distanciamento entre você e o seu ser interior, a sua essência. Isto é normal e ocorreu pelo fato de que a busca pelo bem estar e a satisfação pessoal é algo inerente a todo ser humano, e como você já deve ter notado, todo o sistema social, incluindo as mídias, o sistema financeiro, educacional e, também o religioso, estão sempre dizendo a você que felicidade é algo para ser alcançado num futuro bem distante e que, desde que você siga todas as orientações que venham do externo, um dia, quem sabe, ou talvez, você poderá ser feliz.
Essa informação faz com que você saia numa longa viagem para tentar conquistar o mundo e aquilo que ele oferece, esquecendo-se, porém, de fazer a sua verdadeira busca, a busca de você mesmo.
Uns optam pelo caminho religioso, esperando que após a sua morte as portas do céu serão abertas. Outros se rendem ao consumismo desenfreado e a todos os outros tipos de passatempo que estão à disposição neste planeta, trabalhando muito (na maioria das vezes numa profissão que não suportam) para conseguir comprar todos os objetos que representam a felicidade. E, em outros grupos, ficam os revoltados que não querem saber de absolutamente nada, que não entendem como a vida funciona e que revolvem simplesmente existir, partindo do princípio de que nada existe e nada faz sentido, seguindo as suas vidas em total ceticismo sobre aquilo que não podem ver ou tocar. Essas são as armadilhas que o sistema usa para fazer com que você esqueça o que realmente é, deixando de cumprir a sua verdadeira missão e sem compreender a verdade sobre a existência.
Lembre-se que, se você não gosta do seu trabalho, se não está à vontade com a vida que vem levando, e se não se sente intimamente ligado com seu contrato de alma, é porque você não está em fluxo com as forças cósmicas, e é justamente por isso que não está feliz. Mas se você quiser e estiver realmente disposto a se realinhar e se libertar das garras deste sistema, forças que você não pode ver estarão ao seu lado e dentro de você para orientá-lo e conduzir os seus próximos passos rumo à liberdade emocional que, se bem resolvida, ajustará todos os outros campos da sua vida, inclusive o financeiro e o profissional.
Talvez você pense que é tarde demais, que já está velho e que tem muitos compromissos com o mundo e com a sociedade. Eu entendo você e sei que é difícil, até porque isso implicará numa série de dificuldades (tanto externas como internas), o seu ego vai tentar de todas as formas sabotar essa sua nova escolha. Mas essa decisão terá que ser tomada em algum momento, pois isso faz parte do seu processo de evolução.
O seu maior obstáculo neste momento é o apego ao sofrimento, aos seus medos e as crenças de que não é merecedor daquilo que é bom por conta de uma série de culpas que vem carregando no seu subconsciente e que, por isso, o fazem acreditar que o sofrimento é algo divino. É só isso! Este sofrimento é familiar e gera certo conforto para o seu ego, pois este lugar é conhecido, portanto, seguro.
Chegou à hora de ir além, de remar rumo ao desconhecido e adentrar no campo das infinitas possibilidades. Porém, essa jornada é individual, ela só pode ser percorrida por você mesmo.
Portanto, caminhe, confie e faça o que tem de ser feito. A Abundância, a paz, a criatividade, o amor, e todas as bênçãos do Universo estão aí, ao seu lado, tentando ininterruptamente acessá-lo.
Abra essa porta e caminhe para o novo. Diga sim! Diga "Eu posso! Eu consigo! Eu sou merecedor!"
Diogo Beltrame

Nenhum comentário:

Postar um comentário